Suicídio. Já passou pela sua cabeça?



Define-se suicídio como a atitude individual, de livre arbítrio, de extinguir a própria vida por ato deliberado, podendo ser causada entre outros fatores por um elevado grau de desespero e sofrimento, geralmente de nível emocional, sentimental, mas também pode ser causado por motivos econômicos entre outros.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada pessoa que se suicida outras 20 tentaram sem sucesso. A cada segundo, sete pessoas tentam suicídio no mundo. Por dia, 60.000 (sessenta mil) pessoas tentam suicídio por dia. E desses sessenta mil, 3.000 (três mil) morrem por dia.
Nos dias de hoje a grande maioria de suicidas são adolescentes.

Sabe, falar sobre suicídio é fácil quando nunca se esteve perto de uma situação dessas, ou de alguém que tenha cometido tal ato.
Eu conheci uma pessoa que se suicidou...

Eu tinha duas amigas que dividiam um apartamento. Num triste dia uma delas, ao chegar em casa após o trabalho, encontrou a amiga pendurada por uma corda.
Imagine o desespero!

Adriana* tinha 26 anos, estudava, trabalhava e era uma jovem realmente muito bonita.
Quando eu soube o que aconteceu, não consegui entender o porquê de uma pessoa como ela ter cometido suicídio.

Já fico espantado quando leio ou vejo notícias sobre suicídio. Mas nada é tão marcante, quando alguém bem próximo de você tira a própria vida.

Como pode a pessoa desejar acabar com a própria vida?

Acredito que em algumas situações você pode até ter orado pedindo a Deus sua morte e isso por vários motivos (também já fiz isso!). Porém, desenvolver e arquitetar um plano para se matar, é estranho!
Na maioria das vezes nos arrependemos desse tipo de oração, pois nos lembramos das pessoas ao nosso redor e das coisas que fazemos. E, até mesmo, no meio da oração o nosso Grande Pai muda nossa mente...

Vamos agora ler trechos de alguns casos de suicídio e, por fim, entender a real intenção das pessoas que decidem se suicidar.

Jovem de 33 anos se suicida com uma faca cravada no peito, em seu apartamento num bairro de classe média de São Paulo e deixa a seguinte mensagem no twitter: “bai pipou! Foi bom brincar com vocês! Bjo bjo”. (outubro de 2009)

Rapaz de 20 anos se suicida com uma espingarda calibre 28. Ele escreveu que já tinha tentado se matar por três vezes. “Que droga, será que nem para isso eu sirvo!”. E ainda deixou uma carta. Ele começou assim a carta de suicida: “Bom, acho que 90% das pessoas que se matam escrevem uma carta para as pessoas que amam, e eu não vou ser diferente”. (maio de 2009)

Garoto de 14 anos se suicida por causa de discriminação dos colegas da escola. (maio de 2009)

Após ter lido esses e outros textos, além de ter pensado sobre a intenção das pessoas que se suicidam, entendo o seguinte:
A real intenção das pessoas numa hora dessas não é acabar com a vida, mas acabar com a dor que estão sentindo por motivos diversos.
Na verdade, ela amam a vida e por isso não aceitam passar pelos problemas que estão vivenciando.

Galera, se suicídio já passou pela sua cabeça, procure ajuda!
Conversar com seu líder vai ser muito bom!
Não tenha vergonha de procurar a pessoa certa para pedir orientação.

Sabe, demorei 50 minutos para pesquisar, escrever e finalizar essa postagem.
Logo, segundo as estimativas da Organização Mundial da Saúde, se 7 pessoas tentam suicídio por segundo, 420 tentaram se matar em um minuto e nos 50 minutos que permaneci aqui digitando, 21.000 pessoas tentaram suicídio. E, infelizmente, 1.050 morreram nesses 50 minutos.

Graças te dou, Senhor, pelo dom da vida!
Ensina-nos a valorizar o que nos tem dado!

Abraço, galera!


Gostou da matéria?
Então, compartilhe com seus amigos!
Acesse: www.galeraradical.com

1 comentários:

Gostei bastante da matéria "Suicidio. Já passou pela sua cabeça?
E queria deixar um abração para a cadete do mês:Sara, que é uma pessoa que estimo muito.

28 de janeiro de 2011 12:00 comment-delete